Subscribe Now

Trending News

Confira tudo o que caiu no ENEM em 2018!
Vestibular

Confira tudo o que caiu no ENEM em 2018!

Muitos estudantes têm dúvidas sobre como estudar para gabaritar o vestibular. Porém, não precisa se estressar! Entenda neste texto por que se preparar com provas antigas e confira tudo que caiu no ENEM de 2018 para dar um gás na sua rotina de estudos.

Com redação sobre controle de dados na internet, o maior exame do país tratou de filósofos consagrados, genética, períodos históricos conturbados, expressões matemáticas e teve muita interpretação de texto. Comece agora mesmo a leitura para ter um panorama da edição!

Como provas antigas ajudam a se preparar para o ENEM?

O Exame Nacional do Ensino Médio é usado como porta de acesso às principais faculdades do país há duas décadas. Mas nem sempre é fácil saber o que vai cair na prova, uma vez que são cobrados assuntos das mais diversas áreas do conhecimento.

A principal dica de quem entende do assunto é conhecer as edições antigas para se adaptar ao modelo da avaliação. O vestibular tem como forte as questões interpretativas e mistura várias disciplinas em um só enunciado. Se dar bem com o tipo de pergunta do ENEM é estar preparado para o seu próximo desafio!

Que temas caem no ENEM por área do conhecimento?

Você já sabe que estudar provas anteriores do ENEM ajuda na sua preparação para o exame. Mas quais foram as principais competências pedidas pelo vestibular nacional em 2018? Entenda o que cada área do conhecimento exigiu do aluno.

Linguagens e Códigos

A prova de Linguagens usou a data da publicação da Declaração Universal dos Direitos Humanos para tratar questões sobre a língua e a violência contra a mulher, o racismo e até o nacionalismo.

A temática do feminismo inspirou pelo menos dois enunciados do exame, com a desigualdade sofrida por mulheres em um concurso de beleza no Peru e o exemplo de uma campanha publicitária gaúcha.

A Declaração Universal também apareceu em uma questão sobre os direitos em 2030, e o racismo na imposição do padrão de beleza ilustrou muitos enunciados na área de português.

Ciências Humanas

As habilidades em Ciências Humanas consideram o currículo de história, geografia, filosofia e sociologia. Em história, o filósofo búlgaro Tzvetan Todorov motivou uma questão sobre a guerra dos espanhóis contra os Astecas, e o escritor Érico Veríssimo inspirou um enunciado a respeito da Primeira República.

O filósofo medieval Santo Agostinho apareceu na prova de Ciências Humanas, em questão sobre um dos livros do teólogo. Os estudantes também responderam um questionamento baseado no livro “Elogio da filosofia”, de Merleau-Ponty, e foram provocados por citação do estudioso grego Epicuro.

As perguntas da área de geografia investiram na crise hídrica que assolou São Paulo em 2014, na formação de ciclones no Hemisfério Norte e em assuntos ligados à hidrologia, que estuda a movimentação da água no planeta.

Redação

O tema de redação é um dos assuntos mais temidos pelos estudantes, uma vez que é bastante imprevisível. Em 2018, a única prova subjetiva do exame escolheu abordar o controle de dados de usuários na internet.

A proposta de redação também utilizou quatro textos inspiradores, sendo três reportagens e um gráfico. As matérias citavam especialistas e dados sobre a influência dos algoritmos nas redes sociais e no ambiente virtual.

Outro ponto marcante diz respeito à correção da prova, que deixou de atribuir a nota zero a quem desrespeitasse os Direitos Humanos na escrita — a decisão foi tomada pela Justiça e começou a valer na última avaliação. Ainda assim, confrontar os direitos do Homem diminui a contagem de pontos do candidato.

Matemática

O nível da prova de matemática foi classificado como mediano por muitos professores. O maior foco da disciplina esteve na interpretação das questões e gráficos, misturando os assuntos da sala de aula com o conhecimento do dia a dia.

Uma das charadas envolveu o popular jogo Minecraft e o cálculo para saber o volume de um cubo. A Lei de Newton também figurou na prova de Matemática com uma fórmula para calcular a massa de um satélite no espaço.

O ENEM 2018 citou, ainda, a teoria das eleições (um método para escolher dados), um gráfico sobre a epidemia de raiva no Brasil, o consumo de automóveis elétricos entre 2013 e 2017 pela população e até a proporção de um mapa do tesouro.

Ciências da Natureza

As questões sobre Ciências da Natureza e suas Tecnologias envolvem áreas do conhecimento como biologia, química e física. Na área de biológicas, o ENEM 2018 investiu na genética.

A disciplina que estuda genes, características biológicas da espécie e aspectos da hereditariedade foi tema de pelo menos quatro questões da prova — sobre o DNA da cevada, variação genética de animais do deserto e cruzamento de orquídeas.

Em física, se destacaram as questões criativas, como a que abordou o RFID, sigla que nomeia uma forma de identificação que usa radiofrequência para rastrear animais de grande porte, localizar bagagens na aviação e até controlar veículos nas estradas com pedágio.

Uma das marcas do ENEM, a questão interdisciplinar sobre a pilha anterior ao nascimento de Cristo deu o que falar. O enunciado comparava a solução antiga, construída com barro e metais, a uma recente para descobrir o polo negativo do utensílio.

A originalidade também marcou a prova de química, que perguntou sobre a principal invenção do Nobel Fritz Haber, o processo de reação que clareia o óleo do petróleo e os benefícios de abastecer um carro “flex” com etanol ou gasolina.

O ENEM comemorou 20 anos com algumas mudanças em 2018, a principal delas alterou a duração da prova. O vestibular continuou sendo realizado em dois finais de semana. No entanto, o segundo dia passou a ocorrer em 5 horas, aumentando o tempo para resolver questões de Matemática e Ciências da Natureza.

Neste texto, você descobriu como é importante resolver provas anteriores do ENEM e ficou por dentro dos principais assuntos em Linguagens, Ciências Humanas, Ciências Naturais, Matemática e Redação da última edição.

Agora que você sabe o que caiu no ENEM em 2018, assine a newsletter do blog para turbinar os seus estudos com as últimas notícias do vestibular!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *